Psicoterapia e Comportamento 06/06/2016

Não se compare aos outros – Eis uma chave para o Sucesso

não se compare aos outros

Michael Hedrick faz uma interessante reflexão a respeito das comparações que fazemos em nosso cotidiano e sobre como elas nos colocam para baixo, especialmente diante das mídias sociais, que mostram as “vidas perfeitas” de pessoas sempre lindas, bem sucedidas e ultra felizes! E diz:

Quer ter sucesso? Não se compare aos outros!

Mike Hedrick é um escritor e fotógrafo em Boulder, Colorado – EUA. Ele convive com a esquizofrenia há muitos anos e seu trabalho é publicado nos veículos: Salon, Scientific American e The New York Times. Você também pode acompanhar seu blog sobre a vida com esquizofrenia.

[box style=”1 or 2″]

Não se compare aos outros – Eis uma chave para o Sucesso

Traduzido e adaptado de: PsychCentral ~ Leitura de 1 min.

8dba89b81ad875486ba2ceff4bad1a1cA grama é sempre mais verde do lado de lá… Percorrendo timelines em mídias sociais, conversando com amigos, vendo pessoas bem-sucedidas em todo o lugar. Esse é o momento em que o sentimento de inferioridade começa a rastejar dentro de nós dizendo: “não sou bom o suficiente”, “não estou motivado o suficiente” ou “preciso fazer melhor”.

Parece que nos concentramos apenas nas pessoas que aparentam fazer melhor do que nós, em vez de nos concentrarmos em nós mesmos ou até naqueles que podem estar lutando mais. Pensamos “se pudesse fazer o que esse cara está fazendo, eu teria dinheiro suficiente para comprar uma casa, para viver confortavelmente para o resto dos meus dias e minhas preocupações estariam finalizadas“.

Nossas preocupações nunca cessam

Existem várias coisas erradas com esse sentimento, em primeiro lugar, as nossas preocupações nunca cessam. Na verdade, pode ser importante ressaltar que quando você chegar a um determinado lugar suas preocupações só aumentam. Por exemplo, enquanto você tenta manter as coisas novas que você conquistou; se você comprar uma casa, você tem que se preocupar com a manutenção; Se você se casar ou tiver um filho, tem que se preocupar em fazer o melhor que puder para a sua nova família; se você conquistar aquele novo trabalho, terá que se preocupar em fazê-lo direito e manter-se com suas exigências.

O problema em comparar-se com outras pessoas é que todo mundo é diferente. Todo mundo tem diferentes caminhos, habilidades, desejos e ambições. Nossas vidas estão ‘predestinadas’ a divergirem umas das outras. Assim como sua em vida, recebeu oportunidades e dificuldades, todos os outros tiveram diferentes oportunidades e dificuldades.

Não se compare aos outros: É uma receita para a decepção.

Haverá sempre alguém que está em uma posição melhor que você – ou pelo menos parecerá que sim, porque você não sabe exatamente o que ele vive, pensa ou sente! Portanto, foque em você! A coisa mais importante é encontrar felicidade e satisfação em seus próprios esforços.

nizkii-gemoglobin-pri-beremennosti-2Em vez de se torturar por todas as coisas que você não é, pense sobre quem você é. Dê um passo para trás e faça um balanço de sua vida. As chances são de que você também teve seu quinhão de sucesso e crescimento pessoal diante das adversidade. Facilmente esquecemos de dar crédito à essas conquistas, mas é altamente provável que você é uma inspiração para alguém ao seu redor. Então, em vez de se torturar por todas as coisas que você não é, pense sobre quem você é e o que você realizou.

Se você quiser lutar por mais, torne isso uma meta de crescimento pessoal e aceitação. Compense qualquer falta com riqueza de compaixão e gratidão. Faça a sua amizade, alegria, gratidão e altruísmo a sua verdadeira fortuna.

[/box]

You Might Also Like

4 Comentários

  • Responder Maria Aparecida Santos Nunes 28/06/2016 às 14:42

    gostei.

  • Responder Ivalmira Ribeiro 08/06/2016 às 23:27

    Muito bom o testo .

  • Qual sua opinião?